Breaking

Filhos | Como Lidar com Adolescentes.

 Um dia você percebe que seus filhos cresceram e suas crianças já não são mais crianças. Estão mais falantes, cheios de vontade própria e de certa forma mais "rebeldes". Já não pedem muitas opiniões, eles dão opiniões e já não te ouvem muito, eles querem falar. Conselhos são considerados inúteis, afinal eles tem sua própria "vibe" e no seu grupo o "papo" é diferente.  A adolescência é uma fase de transição para a vida adulta das crianças, portanto é importantíssima e deve ser acompanhada de perto pelos pais, mas a parte mais difícil nesta fase é realmente a aproximação. Os pais despreparados, principalmente aqueles que nunca tiveram filhos nesta fase, alguns costumam entrar em pânico sem saber o que fazer. Não precisa entrar em pânico, tudo que se precisa é entender bem os processos de mudanças e procurar estar o mais próximo possível dos filhos.

  A questão da proximidade se deve ao fato de que seu filho precisa ser bem orientado em relação a certos assuntos que ele ainda não domina. Assuntos como o perigo do uso de drogas, ingestão de bebidas alcoólicas e entorpecentes, escolha de companhias, questões relacionadas á violência, sexualidade, gravidez, doenças sexualmente transmissíveis e tantas outras questões. Claro que seu filho dirá "Eu já sei mãe ou eu já sei pai", mas mesmo assim converse com ele ou eles. Mas lembre-se de que adolescentes não reagem bem ás ordens, mesmo que sejam dos pais. Não há maldade nesta ação dos filhos e ao adulto responsável cabe entender de que trata-se de um período de transição que inclusive todos nós passamos.

  Se procurarmos observar um pouco das nossas memórias veremos que na nossa época de adolescência não foi diferente. Nos tornamos rebeldes, menos disciplinados com os pais, tínhamos nossos próprios grupos com quem buscávamos estar mais tempo quanto fosse possível, mas isto tudo não durou muito e com as crianças de hoje que entram nesta fase não será diferente, acredite.  Tudo que você precisa é de paciência e muita calma. Entenda que não há maldade em teus filhos, eles estão apenas tentando se situar neste novo mundo que se abre para ele e que ainda é desconhecido.

  Por incrível que pareça, ainda que os filhos mantenham uma certa distância dos pais e não queiram falar sobre seus assuntos com ninguém exceto aqueles que fazem parte do seu grupo, é neste período que eles mais precisam dos pais. Em uma conduta totalmente equivocada, muitos pais costumam "respeitar" o distanciamento e manter-se á parte dos problemas dos filhos, deixando que eles mesmos tomem suas decisões, o que é um erro que pode custar caro ao adolescente e consequentemente á toda família. Não se iluda com discursos inteligentes e bem elaborados por seus filhos, você como pai ou como mãe, sabe que a vida na prática vai muito além dos discursos e que seus filhos precisam estar bem orientados em relação ao que a vida lhes oferece.

  A melhor maneira de interagir com seus filhos quando eles entram nesta fase é ouvi-los. Converse com eles sem austeridade em uma conversa de amigos. Não tente ensinar-lhes, mas introduza ensinamentos na conversa, de forma sutil e moderada. Conte para eles como foi difícil também para você quando era adolescente. Conte-lhes histórias que sirvam de exemplos. Nesta fase os filhos estão em busca de amigos, então torne-se amigo ou amiga dos seus filhos. Lembre-se sempre de que o adulto é você na questão e que eles os tem como referência. Torne-se confiável. Evite ordens e reclamações, mas oriente de forma a mostrar as consequências de cada ação e quais os prejuízos podem trazer. 

  Estamos na era da informação e diferentemente de nós, nossos filhos hoje possuem o privilégio de acesso ás mais variadas informações que antes nós nem sonhávamos ter. É muita informação, aliás é informação demais. Com todo este acesso não há um só assunto que possamos expor que nossos filhos já não saibam e com mais riqueza de detalhes que nós mesmos. O que ocorre é que nem todas as informações  que eles acessam são boas, estão corretas ou foram filtradas. Elas simplesmente estão lá para qualquer um. Ai entra o papel dos pais para fazer amizade com os filhos, ganhar sua confiança e corrigir os erros nas informações a que eles tem acesso. O mais importante que você precisa saber é que a adolescência é uma fase em que devemos nos aproximar dos filhos, mesmo que eles se distanciem de nós. Usar sermões, força ou violência só reforça a rebeldia e a única saída possível e eficaz é tornar-se mais que pais, mas procurar ser amigos dos nossos próprios filhos, abrindo para eles um referencial importante nesta fase de transição. 

Texto do Escritor e Autor Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados e garantidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele, independente dos meios ou fins. A violação destes Direitos constitui-se crime e está passiva das punições legais cabíveis. 

Saiba mais do autor NESTE LINK
.............................................................................................................

  Children | How to Deal with Teens.

 One day you realize that your children have grown up and your children are no longer children. They are more talkative, full of self-will and somehow more "rebellious." They no longer ask for many opinions, they give opinions and no longer listen to you, they want to talk. Advice is considered useless, after all they have their own "vibe" and in their group the "chat" is different. Adolescence is a phase of transition into the adult life of children, so it is very important and must be closely monitored by the parents, but the most difficult part at this stage is really the approach. Unprepared parents, especially those who have never had children at this stage, some often panic without knowing what to do. You do not have to panic, all you need to do is understand the processes of change well and try to be as close as possible to your children.

  The issue of closeness is due to the fact that your child needs to be well-oriented in relation to certain subjects that he has not yet mastered. Issues such as the danger of drug use, alcohol and drug ingestion, choice of companies, issues related to violence, sexuality, pregnancy, sexually transmitted diseases and many other issues. Of course your child will say "I already know mother or I already know father", but still talk to him or them. But remember that teenagers do not respond well to orders, even if they are from parents. There is no malice in this action of the children and the responsible adult is to understand that it is a period of transition that we have all passed.

  If we try to observe a little of our memories we will see that in our teenage years it was no different. We became rebellious, less disciplined with parents, we had our own groups with whom we sought to be as long as possible, but this did not last long and today's children entering this stage will be no different, believe me. All you need is patience and a lot of calm. Understand that there is no evil in your children, they are just trying to situate themselves in this new world that opens up to him and which is still unknown.

  Incredibly, although the children keep a certain distance from their parents and do not want to talk about their affairs with anyone except those in their group, it is during this time that they most need their parents. In a totally misguided manner, many parents often "respect" detachment and keep themselves apart from their children's problems, leaving them to make their own decisions, which is a mistake that can cost the adolescent and consequently the whole family. Do not be fooled by clever and well-crafted speeches by your children, you as a parent or a mother, you know that life in practice goes far beyond discourses and that your children need to be well-oriented in relation to what life offers them.

  The best way to interact with your children when they enter this stage is to listen to them. Talk to them without austerity in a conversation of friends. Do not try to teach them, but introduce subtle and moderate teachings into the conversation. Tell them how hard it was for you as a teenager too. Tell them stories to serve as examples. At this stage the children are looking for friends, so become friends with your children. Always remember that the adult is you in the issue and that they have them as a reference. Become trustworthy. Avoid orders and complaints, but guide in order to show the consequences of each action and what damages can bring.

  We are in the information age and unlike us, our children today have the privilege of access to the most varied information that we had not even dreamed of before. That's a lot of information, that's too much information. With all this access there is not a single subject that we can expose that our children no longer know and with more detail than we ourselves. What happens is that not all the information they access is good, is correct, or has been filtered. They are simply there for anyone. Here comes the role of parents to make friends with their children, gain their trust and correct the errors in the information to which they have access. The most important thing you need to know is that adolescence is a phase in which we should approach our children, even if they distance themselves from us. Using sermons, strength or violence only reinforces rebellion, and the only possible and effective way out is to become more than parents, but to be friends with our own children, opening them up as an important reference point in this transition phase.

 Writer Text and Author Tony Casanova. All Rights Reserved and guaranteed by the National and International Laws for the Protection of Intellectual Property Rights. No part of it may be copied, collated, reproduced or disseminated, regardless of its means or purpose. The violation of these Rights constitutes a crime and is passive of the applicable legal punishments.

Learn more about the author IN THIS LINK
.................................................. ................................................ 

  Los niños | Tratar con los Adolescentes.

 Un día se da cuenta de que sus hijos han crecido y sus hijos son los niños ya no importa. Son más hablador, lleno de voluntad propia y de alguna manera más "rebeldes". Ya no pido muchas opiniones, que dan opiniones y ya no se oye tanto, que quieren hablar. Consejos se consideran inútil, después de todo, ellos tienen su propio "ambiente" y su grupo de la "charla" es diferente. La adolescencia es una transición a la edad adulta de los niños, por lo que es importante y debe ser vigilado de cerca por sus padres, pero la parte más difícil de esta etapa es realmente el enfoque. Los padres no preparadas, especialmente aquellos que nunca han tenido hijos en esta etapa, algunos tienden a entrar en pánico sin saber qué hacer. No hay necesidad de pánico, todo lo que necesita es bueno para entender los procesos de cambio y buscar ser lo más cerca posible de los niños.

  La cuestión de la proximidad se debe al hecho de que su hijo tiene que estar bien orientado en relación con ciertas cuestiones que todavía no ha alcanzado. Cuestiones tales como el peligro de usar drogas, el consumo de alcohol y drogas, la elección de las empresas, las cuestiones relacionadas con la violencia, la sexualidad, el embarazo, enfermedades de transmisión sexual y muchos otros temas. Por supuesto, su hijo va a decir: "Ya sé que ya sé la madre o el padre," pero todavía hablar con él o ellos. Pero recuerde que los adolescentes no responden bien a las órdenes, incluso si son los padres. No hay mal en esta acción de los niños y el adulto responsable debe entenderse que se trata de un período de transición que incluso vamos todos.

  Si tratamos de observar algunas de nuestras memorias veremos que en nuestra adolescencia temporada no fue diferente. Nos convirtió en rebelde, menos disciplinados con los padres, teníamos nuestros propios grupos que buscaban a ser más largo de lo posible, pero todo esto no duró mucho y los niños de hoy en día que entran en esta fase será diferente, créeme. Todo lo que necesita es paciencia y mucha calma. Entender que no hay injusticia en sus hijos, que están tratando de situar este nuevo mundo que se abre a él y que aún se desconoce.

  Sorprendentemente, incluso los niños a mantener una cierta distancia de los padres y no quieren hablar de sus asuntos con nadie, excepto aquellos que son parte de su grupo, que es cuando más necesitan padres. En una realización totalmente equivocado, muchos padres tienden a "respetar" la distancia y se mantienen entre los hijos de los problemas, dejándose tomar sus decisiones, lo cual es un error que puede ser costoso para el adolescente y la familia entera en consecuencia lo harán. No se deje engañar por los discursos inteligentes y bien preparado para sus hijos, usted como padre o como un padre, usted sabe que la vida en la práctica va mucho más allá de los discursos y que sus hijos tienen que estar bien orientado en relación con lo que la vida les ofrece.

  La mejor manera de interactuar con sus hijos cuando entran en esta etapa es escuchar a ellos. Hablar con ellos sin austeridad en una conversación de amigos. No trate de enseñar a ellos, pero entrar en la enseñanza en la conversación, sutil y moderada. Diles que también era difícil para usted como un adolescente. contarles historias que sirven como ejemplos. En esta etapa los niños están buscando amigos, entonces convertido en amigo o amiga de sus hijos. Recuerde siempre que el adulto que está en la materia y que tienen la referencia. Convertido fiable. Evitar las órdenes y quejas, pero el este con el fin de mostrar las consecuencias de cada acción y qué daño puede traer.

  Estamos en la era de la información y la diferencia de nosotros, a nuestros hijos hoy en día tienen el privilegio de acceder a la información más variada antes de que ni siquiera sueñan con tener. Se trata de una gran cantidad de información, por cierto, es demasiada información. Con todo esto el acceso hay un tema que podemos exponer a nuestros hijos ya no conocen y, con más detalle, que nosotros mismos. Lo que pasa es que no toda la información que acceden son buenas, son correctos o se filtraron. Se trata simplemente de allí a cualquiera. Ai entra en el papel de los padres para hacer amigos con los niños, ganar su confianza y corregir errores en la información que tienen acceso. Lo más importante que hay que saber es que la adolescencia es una fase en la que debemos acercarnos a los niños, incluso si se alejan de nosotros. Utilizar sermones, la fuerza o la violencia sólo refuerza la rebelión y la única manera posible y eficaz a cabo es llegar a ser más de los padres, pero trate de ser amigos de nuestros propios hijos, apertura para ellos una referencia importante en esta fase de transición. 

  Escritor de texto y el autor, Tony Casanova. Todos los derechos reservados y garantizados por leyes nacionales y Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual. La copia, el collage, reproducción o divulgación de cualquier tipo, de todos o parte de ella, independientemente de los medios o extremos. La violación de estos derechos constituye un delito y es pasiva de las sanciones legales aplicables.

Más información este autor ENLACE
 

Seguidores do Google

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.

Busque por Tag

# Mulher #103FM #2016 #2017 #8DeMarço #Acidente #Acordeon #Admiração #Adolecentes #Adolescentes #Adversidades #Afogamento #África #Agressão #Aguiar #Ajuda #Alegria #Alimentação #Alimentos #Alma #Amar #Amarela #Amarguras #Americano #Amigas #amigos #amizade #Amor #Análise #Android #Angel #Aniversário #Anonimato #Antigos #Antivírus #Apartheid #Aplicativo #Apocalipse #Apoio #App #Aracaju #Arantes #Arte #Artes #Artista #Artistas #Assalto #Assaltos #Assédio #Astros #Atitudes #Atividades #Ator #Ator #José Mayer #Atores #Atriz #Atrizes #Aumentar #Aurea #AutoAjuda #Autoconfiança #Autoestima #Avião #Aviso #Baixa #Base #BBB17 #Beans #Bebida #BeerHouse #Bem #Benção #Benefícios #Bíblia #BigBrother #Bigo #Bigo Live #BigoLive #Blog #Blogger #Bloggers #Blogoferas #Blogueiro #BlogUpp #Brandão #Brasil #Brasileiro #Brazilian #Buscador #Café #Campo #Canção #Câncer #Cantora #CargaTributária #Carinho #Carla #Casal #Casamento #Casanova #cavalo #Celebridades #Celular #Celulares #Chang #Chapecoense #Chicungunya #Chocolate #Ciberbullying #Cidadania #Cidadão #Cinéfilo #Cinema #Cleyton #Clima #Climatério #CmB #Cohen #comer #Comércio #Comida #como #Comportamento #Compositora #Compra #Compras #Comunicado #Conceito #Amor #Confiança #Confissões #Conto #Contra #Convivência #Copa Sul Americana #Coragem #Corpo #Corrente #Costumes #Cozinha #Crescimento #Criança #Crianças #Crimes #Criminalidade #Crise #Crônica #Cuidados #Culinária #Cultura #Culturais #Cultural #Curiosidades #Cuscuz #Danger #Debora #Decepções #Decisões #Defesa #Dengue #Denúncia #Depressão #Desaparecido #Descrição #Desempenho #Deus #Dia #DiaDaMulher #DiaDosNamorados #Dicas #Direitos #Discriminação #Discurso #Dispositivos #distinção #Divagações #Doações #Doença #DomingosMontagner #Dores #Drauzio #Dúvida #E-book #Ecologia #Ecossistema #Educação #Educar #Emilly #Emma #Encontrar #ENEM #Enquete #Entrelinhas #Entrevista #Epidemia #Equilíbrio #Escolha #Escolhas #Escrita #Escritor #Especial #Espécie #Esperança #Estilo #Estréia #Estrutura #Estupro #Ética #Evangelho #Evento #Existência #Experiências #Extinção #Fabia #Fala #Falhas #Fama #Família #Famosos #Fashion #Fato #Fatos #Fé #Febre #Feijões #Felix #Figueiredo #Figurinista #Filho #Filhos #Filmes #Firewall #Flime #Food #Força #França #Franco #Freitas #Futebol #GACC #Generosidade #Giácomo #Globalização #Globo #Google #Gordas #Gordinha #Gospel #Graça #Gravidez #Grécia #Gripe #Guilherme #Hallelluja #Harry #Higienização #Histórias #Hollywood #Homem #Homenagem #HomoSapiens #HongKong #Humanas #Humanidade #Humano #Humor #Hurricanes #Idade #Idosos #Igrejas #Igualdade #Impostos #Indícios #Indonésia #Infância #Infantil #Infidelidade #Influência #Informática #Informe #Injúria #Instagram #Internacional #Internet #IntolerânciaReligiosa #Investigação #Investigador #Ito #Jackie #JackieChang #James #Julho #Jventude #Kurnia #Laura #LauraAguiar #LavaJato #Legendários #Legião #Legislação #Leitora #Leitura #Lento #Leonard #Letícia #Letra #Liberdade #Limpeza #Linda #Literatura #Live #Livro #Lógica #Maduros #Mãe #Malhação #Mana #Marcas #Marcos #Martinez #Matérias #Matrimônio #Maturidade #Mecanismos #Meditação #Medo #meio-ambiente #Melhores #Melhorias #Mendonça #Menino #Menopausa #Mensagem #Mensagens #Mente #Mentiras #Meteorologia #Mineira #Miriam #Moda #Model #Monetização #Moral #Morango #Moreno #Morte #Mudanças #Mulher #Mulheres #mundo #Musa #Music #Musica #Música #Música #Pais #Nadja #Namorados #Namoro #Não #Natal #Negativa #Negros #NetLenta #Nickolly #Niver #Nordeste #Nordestino #Notoriedade #Novas #Novidades #Nutrição #Ocidente #Online #Operação #opinião #OqueÉ #Oratória #Orientações #Oriental #Oriente #Orla #Oscar #OutubroRosa #Paixão #Palavra #PapelSocial #Parada #Partidos #Pautas #Paz #Pena #PenaDeMorte #Penal #Pensamento #Pensamentos #Perdão #Perigo #Pernambuco #Pesquisa #Pesquisar #Planeta #PlusSize #Poder #Poema #Poesia #Poeta #Poetisa #Política #Políticos #PopStar #Potter #Pre-Venda #preço #Preconceito #Pregnancy #Prêmio #Presentes #Prevenção #Primitiva #Prisão #Problemas #Produtos #Programa #Projeto #Promoção #Prosa #Prova #Provas #Pública #Público #Qualidade #Queda #QuemFoi #Raça #Racional #Racismo #Radio #Raízes #Razões #Real #Realidade #Reality #Receita #Rede #Rede Globo #RedeMóvel #RedeRecord #Redes #RedeSocial #Reflexão #Relacionamento #Relações #Religião #Requisitos #Respeito #Responsabilidade #Ricardo #Riquezas #Riscos #RJ #Roda #Romance #Roupas #RS #Rural #Saiba Mais #Samuel L Jackson #Sander #Santos #saúde #Saudosismo #Seca #Segredinhos #Seguidores #Segurança #Selma #Ser #Sergipe #Seriados #Sertão #Serviços #SétimaArte #Significado #Simpatia #Sintomas #Smartphone #Smartphones #sobre #Sociabilidade #Social #Socialização #Sociedade #Solange #Sólida #Solidão #Solidariedade #Sólido #Sonhos #Storms #Streaming #SuBanda #Sugestões #SuperStar #Susllem Tonani #Suspeito #Tammy #Tatiane #Tempestades #Tempo #TerceiraIdade #Terra #Texto #Thaii #Thainá #TheBesrFriend #Theodoro #Tony #Top #Top10 #Top6 #Tornados #Tornar #Tradição #Tradições #Traição #Tristeza #Tristezas #Tróia #trojan #Trombetas #Trovões #Twister #União #Urbana #User #Uso #Usuário #Valentia #Valentine'sDay #valores #Varella #Velhice #VelhoChico #Velhos #VelhosTempos #Vencê-las #Vendas #Verdade #Versos #Vestuário #Vicentina #vida #Video #Vídeo #Violência #Virose #Virtual #Vírus #Visitantes #Viva #Viver #Viviane #Votação #Vulneráveis #Web #Youtubbers #Youtube #Zona a chave do meu peito nas mãos da saudade Aguiar Alerta amei uma mulher como se fosse um anjo Amor Ana Apresentador ardendo de paixão Arte Atriz Bigo Live Blogueiro Brazil's Poet Caráter chamas do amor Choro da Liberdade Cidade Computadores conto coração de pedra Cultura Cultural Debate Definição Delírio e gozo desejos de uma loba Devaneios DiaDasMães Dica Dinheiro Ele Emma Kurnia esporte este cara sou eu Feliz é quem ama fla flamengo Florzinha Fortaleza fuga das paixões Gotas de amor Indonésia Jakarta Julius Caesar Justiça Kids Laura Literatura Literature loba lua cúmplice Luz Mães Malhação Marcelo Martelo Melhor mengão Mineira morrendo de amor nação rubro-negra Nascimento Nina um anjo de sonhos O poeta e a feira de artes o poeta e a loba o que é ser grande o vento e as pessoas opinião Ostentação Petição Poder Poem poema lobo solitário ll poema Sonata da desolação poema ursinho de pelúcia Poemas Poesia poesia dor amiga Poesia Fel da solidão Poesia Flor encantada poesia o lobo e a loba poesia pequei contra ti poesia rosa minha Poesias Poet of Sergipe Poet Tony Casanova Poeta sergipano Tony Casanova Poeta Tony Casanova Poetry Porto Seguro Presente Profissão Projeto Qualidades Reconhecimento Record Revelação Rezende Riquezas Roda Roda Cultural saudade como ela é Ser imortal Ser mãe Sobre Sobrenatural sonhos de um bebê texto uma cartinha para minha mãe Tony Casanova Top Model Um brinde a nós dois Verses Versos