Política | Opinião | Brasileiro é Patriota?

  Diz-se que o Patriotismo brasileiro acabou e que o povo brasileiro esfriou em relação ao futuro do seu País. A partir das minhas observações eu afirmo exatamente o contrário. O brasileiro é um povo patriota sim e acredita muito no Brasil e a prova disso está justamente no fato dele não aceitar as condições políticas atuais. A população não perdeu sua fé na Nação, mas nas engrenagens políticas que criaram um sistema absolutamente particular e cujos benefícios são pessoais á aqueles que participam deste esquema. 
  O que está acontecendo com a população brasileira é que ela vem sofrendo a corrupção das mídias que dia após dia, ano após ano vem orquestrando matérias ardilosamente produzidas e editadas para corromper os populares. Evidentemente todo poderio político vem dos discursos inflamados nas campanhas e mesmo após elas, mas existe o elemento básico e fundamental de toda política que é a informação, alimento social que faz com que a população acredite estar sendo representada por um político. Durante séculos os brasileiros vem sendo alimentados com livros e jornais produzidos com estratégia de marketing cujo conteúdo torna explícito apenas a face conveniente da história, ficando os inconvenientes ocultos, obviamente. Somos um País de vários heróis que só conhecemos através dos livros escolares, estes que passam pelo crivo e censura prévia do Governo.
  Semelhante a uma pequena bola de neve que avolumou-se e assumiu proporções assustadoras, a nossa história foi elaborada de forma a nos ofertar momentos de um patriotismo forjado, deixando de lado os fatos relevantes para exibir apenas o conveniente. Podemos afirmar que fatos são estes? Não! Nós não estávamos lá, portanto morrermos sob o manto e a sombra eterna da dúvida. Semelhante aos dias de hoje em que vem á tona gigantescos escândalos políticos onde as oposições apontam erros convenientes e muitas vezes esconde-se atrás para ocultar seus próprios erros. Desta forma tenta a oposição, em uma ação política tão comum no Brasil, transmitir a imagem de que são heróis do povo e não vilões semelhantes aos que apontam. Continuamos a construir estórias ao invés de contar História.
  Nos machuca hoje falar de Ética, Moral e Civismo com tantos exemplos dados pelos Poderes Constituídos no Brasil. Como podemos acreditar em uma Constituição cujas Leis privilegiam classes? Como acreditar em governantes cujos nomes estão envolvidos em escândalos e são beneficiados pelas mesmas Leis que criaram? Como acreditar na Lei que dá liberdade ao bandido e prende o pai de família? Podemos enfim perceber a justiça na Lei que torna o Delator um beneficiário legal e não um réu confesso e testemunha dos crimes cometidos? Um País onde ladrões pobres estão na cadeia e os ricos estão em liberdade não pode conquistar a confiança do seu povo.
  Temos hoje no País um novelo com várias pontas e cada uma segue na mesma direção da corrupção que está abençoada pela impunidade. Uma Constituição de burgueses para burgueses onde o diploma beneficia o criminoso, dando-lhe o privilégio que plebeus jamais terão. Um Governo que permite ao Poder Privado ofertas melhores nos setores de Segurança, Saúde, Saneamento e  Comunicações não pode se dar ao luxo de exigir crédito do seu povo, que paga pesados impostos e não tem sequer direito a uma aposentadoria digna e compatível com aquilo que pagou não pode exigir nada da população. O brasileiro não perdeu a fé no seu País, perdeu a fé nos seus governantes e mais ainda, nos seus candidatos á Governo.

A presente obra, bem como todos os textos contidos nesta web página encontram-se protegidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Direitos de Propriedade Intelectual, sendo proibidas as cópias, colagens, reprodução, divulgação ou uso dos conteúdos apresentados neste blog, independente dos meios ou finalidades, sem a autorização expressa do autor Tony Casanova, a quem cabe, única e exclusivamente os Direitos sobre o material apresentado. A violação destes Direitos se constitui crime previsto na Legislação e será punida com os rigores legais.

Para saber mais sobre Tony Casanova e aquisição de suas publicações, acesse ESTE LINK
......................................................................................................................................................

   Policy | Opinion |  Brazilian is Patriot?

  It is said that the Brazilian Patriotism is over and that the Brazilian people have cooled in relation to the future of their Country. From my observations I affirm exactly the opposite. The Brazilian is a patriotic people, yes, and he believes in Brazil, and the proof of this is precisely that he does not accept the current political conditions. The population has not lost its faith in the Nation, but in the political gears that have created an absolutely particular system and whose benefits are personal to those who participate in this scheme.
  What is happening to the Brazilian population is that it has been suffering the corruption of the media that day after day, year after year has been orchestrating cunningly produced and edited material to corrupt the popular. Obviously all political power comes from the inflamed speeches in the campaigns and even after them, but there is the basic and fundamental element of all politics that is information, social food that makes the population believe that it is being represented by a politician. For centuries Brazilians have been fed with books and newspapers produced with a marketing strategy whose content makes explicit only the convenient face of the story, with the drawbacks obviously hidden. We are a country of several heroes that we only know through school books, these that pass through the sieve and prior censorship of the Government.
  Similar to a small snowball that rose and took on frightening proportions, our story was crafted to give us moments of forged patriotism, setting aside the relevant facts to show only the convenient. Can we state what these facts are? No! We were not there, so we died under the cloak and the eternal shadow of doubt. Similar to the days of today when gigantic political scandals arise where oppositions point to convenient errors and often hide behind to hide their own mistakes. In this way the opposition tries, in a political action so common in Brazil, to convey the image that they are heroes of the people and not villains similar to those who point out. We continue to build stories instead of telling History.
  It hurts us today to speak about Ethics, Morals and Civics with so many examples given by the Powers Constituted in Brazil. How can we believe in a Constitution whose laws privilege classes? How to believe in rulers whose names are involved in scandals and benefit from the same laws they have created? How to believe in the Law that gives freedom to the thug and arrests the father of the family? Can we finally perceive justice in the Law that makes the Delator a legal beneficiary and not a confessed defendant and a witness to the crimes committed? A country where poor thieves are in jail and the rich are at liberty can not win the trust of their people.
  Today we have a multi-pronged ball in the country and each one follows in the same direction of the corruption that is blessed by impunity. A constitution of bourgeois for bourgeois where the diploma benefits the criminal, giving him the privilege that plebeians will never have. A Government that allows the Private Power better offers in the sectors of Security, Health, Sanitation and Communications can not afford to demand credit from its people, who pay heavy taxes and do not even have the right to a dignified retirement compatible with what they paid can not demand anything from the population. The Brazilian did not lose faith in his country, he lost faith in his rulers and even more, in his candidates for Government.

The present work, as well as all the texts contained in this web page, are protected by the National and International Laws of Intellectual Property Rights, being prohibited copies, collages, reproduction, dissemination or use of the contents presented in this blog, regardless of media or without the express authorization of the author Tony Casanova, who is solely and exclusively responsible for the material presented. The violation of these Rights constitutes a crime provided for in the Legislation and will be punished with the legal rigors.

To know more about Tony Casanova and the acquisition of his publications, visit THIS LINK
.................................................. .................................................. ..................................................

 Política | Noticias | ¿Brasil es Patriota?

  Se dice que el Patriotismo brasileño acabó y que el pueblo brasileño se enfrió en relación al futuro de su país. A partir de mis observaciones, afirmo exactamente lo contrario. El brasileño es un pueblo patriota sí y cree mucho en Brasil y la prueba de ello está justamente en el hecho de que no acepta las condiciones políticas actuales. La población no perdió su fe en la Nación, sino en los engranajes políticos que crearon un sistema absolutamente particular y cuyos beneficios son personales a aquellos que participan en este esquema.
  Lo que está sucediendo con la población brasileña es que ella viene sufriendo la corrupción de los medios que día tras día, año tras año viene orquestando materias ardilosamente producidas y editadas para corromper a los populares. Evidentemente todo poderío político viene de los discursos inflamados en las campañas e incluso después de ellas, pero existe el elemento básico y fundamental de toda política que es la información, alimento social que hace que la población cree estar siendo representada por un político. Durante siglos los brasileños vienen siendo alimentados con libros y periódicos producidos con estrategia de marketing cuyo contenido hace explícito sólo la cara conveniente de la historia, quedando los inconvenientes ocultos, obviamente. Somos un país de varios héroes que sólo conocemos a través de los libros escolares, estos que pasan por el cribado y censura previa del Gobierno.
  Al igual que una pequeña bola de nieve que se ha vuelto y ha asumido proporciones espeluznantes, nuestra historia ha sido elaborada para ofrecernos momentos de un patriotismo forjado, dejando de lado los hechos relevantes para exhibir sólo lo conveniente. ¿Podemos afirmar qué hechos son éstos? ¡No! No estábamos allí, por lo que morimos bajo el manto y la sombra eterna de la duda. Semejante a los días de hoy en que viene a la superficie gigantescos escándalos políticos donde las oposiciones apuntan errores convenientes y muchas veces se esconde detrás para ocultar sus propios errores. De esta forma intenta la oposición, en una acción política tan común en Brasil, transmitir la imagen de que son héroes del pueblo y no villanos semejantes a los que apuntan. Continuamos construyendo historias en vez de contar historia.
  En los machos de hoy habla de Ética, Moral y Civismo con tantos ejemplos dados por los Poderes Constituidos en Brasil. ¿Cómo podemos creer en una Constitución cuyas Leyes privilegian clases? ¿Cómo creer en gobernantes cuyos nombres están involucrados en escándalos y son beneficiados por las mismas Leyes que crearon? ¿Cómo creer en la Ley que da libertad al bandido y arresta al padre de familia? ¿Podemos finalmente percibir la justicia en la Ley que hace del Delator un beneficiario legal y no un reo confesado y testigo de los crímenes cometidos? Un país donde los ladrones pobres están en la cárcel y los ricos están en libertad no puede conquistar la confianza de su pueblo.
  Tenemos hoy en el país un hilo con varias puntas y cada una sigue en la misma dirección de la corrupción que está bendecida por la impunidad. Una Constitución de burgueses para burgueses donde el diploma beneficia al criminal, dándole el privilegio que los plebeyos jamás tendrán. Un Gobierno que permite al Poder Privado ofertas mejores en los sectores de Seguridad, Salud, Saneamiento y Comunicaciones no puede darse el lujo de exigir crédito de su pueblo, que paga pesados ​​impuestos y no tiene ni siquiera derecho a una jubilación digna y compatible con aquello que pagó no puede exigir nada de la población. El brasileño no perdió la fe en su país, perdió la fe en sus gobernantes y más aún, en sus candidatos al Gobierno.

La presente obra, así como todos los textos contenidos en esta página web, se encuentran protegidos por las Leyes Nacionales e Internacionales de Derechos de Propiedad Intelectual, siendo prohibidas las copias, collages, reproducción, divulgación o uso de los contenidos presentados en este blog, independiente de los medios o sin la autorización expresa del autor Tony Casanova, a quien corresponde, única y exclusivamente los Derechos sobre el material presentado. La violación de estos Derechos se constituye crimen previsto en la Legislación y será sancionada con los rigores legales.

Para saber más sobre Tony Casanova y la adquisición de sus publicaciones, visite ESTE LINK
  
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...